Governo chinês afirma que existe a possibilidade de uma reinfecção do vírus através embalagens de alimentos importados por paises que apresentam alta taxa de contaminação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nesta segunda-feira (28) Pequim, capital da China, emitiu um comunicado aos importadores solicitando que eles evitem importar alimentos congelados vindo de países que possuem alta taxa de contaminação pela covid-19.

De acordo com a nota, “governos locais” identificaram uma possível reinfecção da doença através dos alimentos congelados.

“A alfândega e os governos locais detectaram repetidamente o coronavírus em alimentos importados da cadeia de congelados, provando que há risco de contaminação”, diz o comunicado do Departamento Municipal de Comércio de Pequim.

Na sexta-feira (25), as autoridades chinesas suspenderam a importação de frutos do mar de uma empresa brasileira após a detecção do vírus em uma embalagem.