terça-feira, 27 de outubro de 2020

Especialistas de Oxford param de usar dados da OMS

Our Wolrd In Data, uma organização da Universidade de Oxford anunciou que vai parar de utilizar os relatórios da Organização Mundial Da Saúde  (OMS) como base para suas pesquisas. O grupo afirma que os dados apresentados pela OMS estão incorretos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Planejávamos utilizar os dados da OMS como fonte, acreditávamos na organização internacional para avaliar a situação da pandemia. Os relatórios podem ser encontrados no site deles [OMS].

Desde o dia 18 de março, se tornou impossível confiar nos dados que a OMS postou, sobre o crescimento da pandemia. A organização zerou o relógio de tempo no relatório do dia 58, causando uma interferência entre os relatórios 57 e 58, comprometendo todo os futuros relatórios.

Além disso encontramos outros diversos erros de informação nos relatórios e os reportamos para a OMS.”

A OMS é a “agência internacional responsável pela saúde pública mundial”. A Organização chegou a cometer dezenas de erros em seus relatórios entre fevereiro e março, uma errata foi divulgada, mas muitas das informações dos relatórios já estavam na mídia e muitas não foram corrigidas.

Por isso há um número crescente de teses que acreditam que o coronavírus (Covid-19) não é tão letal quanto os relatórios da OMS descrevem, já que os dados que eles apresentam estão equivocados, errados ou manipulados.

A OMS é uma organização dirigida por pessoas, está fadada a errar, mas estes relatórios estão sendo usados por líderes mundiais, para definir o futuro de seus países e da humanidade. É nesse momento que precisamos ter as informações mais concretas e verdadeiras sobre a pandemia do coronavírus, para o bem da cidadania mundial.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.

Últimos artigos

STF abre licitação de até R$ 4 milhões para contratar garçons e copeiros para ministros

O Supremo Tribunal Federal (STF) planeja gastar até R$ 4 milhões ao ano na contratação de 41 garçons e copeiros para servir aos 11...

Jornalista Romano dos Anjos é encontrado vivo após sequestro em Roraima

O jornalista Romano dos Anjos, de 40 anos, que havia sido sequestrado na própria casa, foi encontrado vivo na região do Bom Intento, zona...

Contra aborto, Bolsonaro estabelece em diretriz o direito à vida desde a concepção

Foi publicada nesta terça-feira (27) uma diretriz que estabelece a defesa da vida "desde a concepção" e dos "direitos do nascituro" pelo Governo Bolsonaro...

Barroso: Legislativo e o Judiciário têm atuado para impor “limites” ao Poder Executivo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso afirmou nesta segunda-feira (27), durante conferência online, que o Legislativo e o Judiciário têm...

Macron irá decretar lockdown na França por um mês

No final da tarde desta terça-feira (27) O governo de Emmanuel Macron anunciou que a França deverá entrar em lockdown a partir desta quinta-feira...