Foto: reprodução

Ouça essa matéria na integra

O Departamento de Tesouro do governo americano anunciou nesta segunda-feira (13) sanções contra sete deputados venezuelanos, todos eles aliados do presidente do país Nicolás Maduro.

Um dos sete parlamentares sancionados é Luis Parra, que se autoproclamou presidente da Assembleia Nacional na semana passada, antes de Juan Guaidó ser reconduzido ao cargo.

Além de Parra, foram punidos pelos Estados Unidos José Brito, Franklyn Duarte, Negal Morales, José Gregorio Noriega, Conrado Perez e Adolfo Ramón Superlano.

“O Tesouro aplicou sanções a sete funcionários corruptos da Assembleia Nacional que, a favor de Maduro, tentaram impedir o processo democrático na Venezuela”, afirmou Steven Mnuchin, secretário do Tesouro dos EUA.