quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Ex-secretário de João Paulo II é citado em escândalo de abusos

Ansa- Em mais um episódio do escândalo de abusos sexuais de menores na Polônia, uma vítima dos crimes acusou o histórico secretário do papa João Paulo II, cardeal Stanislaw Dziwisz, de ignorar denúncias feitas por ele.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Piotr Szelag, advogado de Janusz Szymik, vítima por muitos anos do padre Jan Wodniak, afirmou que seu cliente enviou cartas em 2012 para o cardeal que, naquele momento, era bispo da Diocese de Cracóvia, sobre os crimes sofridos por ele entre 1984 e 1989.

“Mesmo que em 2012 ele não tivesse nenhuma obrigação legal como bispo, o cardeal Dziwisz poderia ter denunciado o caso todo ao Vaticano, mas não fez isso”, acusou Szelag.

Após a veiculação da entrevista, o cardeal afirmou que “não lembra ter recebido nenhum documento” sobre o caso naquele ano.

Lamentando o “enorme dano causado ao senhor Janusz Szymik”, o religioso ainda disse que “episódios do tipo não deveriam jamais acontecer”.

“Além disso, depois de ter feito o controle dos registros relativos [ao caso] na Cúria, não apareceu rastro de correspondências de ninguém para mim sobre esse caso”, acrescentou Dziwisz. Porém, por ter “vontade de cooperar plenamente” no escândalo, o cardeal informou que quer aprofundar as denúncias e criou uma comissão independente para investigá-las.

As denúncias de pedofilia por parte de sacerdotes na Polônia vêm sendo apresentadas há anos e voltaram a ganhar força no ano passado com a publicação de um documentário sobre os relatos de abusos sexuais. O documentarista Tomasz Sekielski voltou a publicar um filme sobre o tema em maio deste ano.

Por conta disso, o arcebispo de Gniezno, Wojciech Polak, pediu à época que o Vaticano abrisse uma investigação formal sobre as denúncias. .

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.

Últimos artigos

Ataque terrorista deixa ao menos 3 mortos e vários feridos na Basílica Notre-Dame de Nice, na França.

Um ataque a faca deixou três mortos e vários feridos na manhã desta quinta-feira (29) na Basílica Notre-Dame de Nice, na França. O prefeito...

Mais 5,1 milhões de brasileiros recebem hoje parcelas do Auxílio Emergencial

Mais 5,1 milhões recebem nesta quinta-feira (29) parcelas do auxílio emergencial.  Entre os beneficiados estão 3,5 milhões nascidos em novembro, do ciclo 3 do calendário,...

Após ataque, Salles chama Maia de “Nhonho” no Twitter

Após ser atacado por Rodrigo Maia, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, chamou o presidente da Câmara dos Deputados de "Nhonho" no Twitter...

Youtubers bolsonaristas defendem voto em Russomanno e criticam Joice e Covas

Fernando Lisboa e Enzo Leonardo Suzi,  youtubers bolsonaristas defendem em seus canais o voto no candidato a prefeito Celso Russomanno, do Republicanos. O apoio...

Fachin: revista íntima é ilegal e desumana e deve ser proibida

Nesta quarta-feira (28), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin votou  para considerar ilegal as revistas íntimas realizadas nos presídios para evitar...