Três gigantes da telefonia informaram na quinta-feira (30), que não usarão a tecnologia da Huawei em suas redes 5G, apesar de o governo português não proibir a presença da estatal chinesa no país.

Vodafone, NOS e Altice dominam o mercado na região e mandaram avisar que não terão equipamentos da Huawei em sua rede principal. Além disso, devem escolher os melhores parceiros para cada um dos componentes da rede.

O ministro da Infraestrutura de Portugal, Pedro Nuno Santos, confirmou à agência Reuters que “está ciente” do anúncio. Contudo, acrescentou que nada tem a ver com imposições do governo português.

“Não temos problemas com nenhum fabricante”, afirmou Nuno Santos, ao informar que um grupo criado pelo governo para avaliar riscos e questões de segurança cibernética ligadas ao 5G não tirou conclusões sobre nenhum fornecedor em particular.