Ao menos 75 mil pessoas tiveram que deixar suas casas no oeste do Japão depois de a região ser atingida por fortes chuvas que provocaram inundações e deslizamentos de terra neste sábado (4). As autoridades contabilizam o número de desabrigados e ao menos 13 desaparecidos.

A agência meteorológica local emitiu o nível mais alto de alerta de emergência por fortes chuvas para Kumamoto e Kagoshima na ilha de Kyushu.

 

 

Siga a Gazeta Brasil no Instagram