fbpx
domingo, 29 de novembro de 2020

Juiz define acusação de homicídio culposo contra policial acusado de assassinar George Floyd

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

The Hill – O juiz do distrito de Hennepin County, Peter A. Cahill, decidiu manter nesta quinta-feira (22) oito das nove acusações contra os policiais envolvidos no assassinato de George Floyd. O ex-policial de Minneapolis Derek Chauvin, que em maio se ajoelhou no pescoço de George Floyd por mais de oito minutos, matando-o e iniciando uma série de protestos condenando a brutalidade policial e o racismo sistêmico  foi indiciado por homicídio culposo e homicídio não-premeditado, enquanto os três outros réus foram imputados por cumplicidade com o ato.

A decisão de Cahill vem após uma audiência em pré-julgamento realizada em setembro, na qual o advogado de Chauvin, juntamente com os advogados de Kueng, Lane e Thao, pediram que todas as acusações contra os oficiais fossem retiradas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O advogado de Chauvin tentou sem sucesso argumentar que Floyd morrera de overdose de drogas, e não devido às ações de Chauvin.

“Simplificando, o Sr. Floyd não conseguia respirar porque havia ingerido uma dose letal de fentanil e, possivelmente, uma bola de velocidade”, disse o advogado de Chauvin nos autos do tribunal. “Combinado com o traço falciforme, suas doenças cardíacas pré-existentes, o uso de fentanil e metanfetamina pelo Sr. Floyd provavelmente o matou.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A morte de Floyd foi considerada homicídio, e um relatório de autópsia do Gabinete do Examinador Médico do Condado de Hennepin revelou que ele morreu de “parada cardiorrespiratória complicando subjugação, contenção e compressão do pescoço”.

As decisões são os maiores desenvolvimentos no caso desde o início do processo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em comunicado, o procurador-geral Keith Ellison (D), cujo escritório está liderando a acusação dos policiais, disse que a decisão de Cahill foi um “passo importante e positivo no caminho em direção à justiça para George Floyd, sua família, nossa comunidade e Minnesota”.

Cahill ainda não decidiu se os quatro policiais serão julgados juntos em um único julgamento e se o julgamento será realizado fora do condado de Hennepin, questões que também foram apresentadas na audiência preliminar no mês passado. Independentemente de como o juiz decidir sobre às duas questões finais, Cahill disse que o julgamento começará em março.

Chauvin foi libertado da prisão no início do mês após pagar uma fiança de US $ 1 milhão. 

A família de Floyd, representada pelo advogado dos direitos civis Benjamin Crump, havia dito anteriormente que gostaria de ver as acusações de assassinato em primeiro grau apresentadas contra Chauvin.

“Para Chauvin deixar o joelho no pescoço de George, apesar dos avisos e evidências de que sua vida estava em perigo – e continuar assim por muitos minutos – exige uma acusação de homicídio de primeiro grau”, disse Crump em junho. “Para George Floyd, a ambulância era seu carro fúnebre. “

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Últimos artigos

Xi Jinping proibiu os médicos de Wuhan de falar sobre o início do coronavírus: a lei que prevê sentenças de morte

Infobae - Xi Jinping pretende - mais uma vez - amordaçar os médicos que estavam no início do surto do coronavírus em Wuhan, no...

Sem citar falha no supercomputador, Barroso pede que eleitores votem “com segurança” 

Em pronunciamento na noite deste sábado (28), o presidente do Tribunal Superior Eleitoral(TSE), Luís Roberto Barroso, pediu que os brasileiros "não deixem de votar"...

Milhares de franceses saem às ruas para protestar contra Lei de Segurança

RFI - Ao menos 70 cidades francesas realizaram manifestações neste sábado (28) para protestar contra o controverso projeto de lei sobre a chamada "segurança...

Bolsonaro vai à comemoração de aniversário de ministro Rogério Marinho

O presidente Jair Bolsonaro deixou o Palácio da Alvorada neste sábado (28) para ir à comemoração de aniversário do ministro Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional. A...

Comandante do Exército fratura o fêmur ao cair de cavalo

O comandante do Exército, general Edson Pujol, sofreu um acidente neste sábado (28) enquanto praticava equitação no Regimento Dragões da Independência, em Brasília. Ele...