Foto: Fundação Oswaldo Cruz

Após dois dias de taxas de crescimento diário em ascensão, o número de novos casos e de mortes por coronavírus (covid-19) voltaram a cair na Espanha nas últimas 24 horas 

Falando ao Congresso nesta quinta-feira (9), em sessão que deve decidir a extensão do estado de emergência até o dia 23 de abril, o primeiro-ministro Pedro Sánchez avaliou a situação como um “incêndio que começa a ser controlado”.

De quarta para quinta-feira, a Espanha teve a confirmação de mais 5.756 pessoas infectadas e houve 683 novas mortes.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram