FILE PHOTO: U.S. Senator Bernie Sanders speaks during a news conference on Yemen resolution on Capitol Hill in Washington, U.S., January 30, 2019. REUTERS/Yuri Gripas/File Photo

Após um desempenho abaixo do esperado nas prévias democratas, o pré-candidato Bernie Sanders desistiu nesta quarta-feira (8) de enfrentar Donald Trump nas eleições presidenciais, que acontecem em novembro. A informação foi publicada pelo jornal The New York Times.

“As próximas primárias acontecem em três semanas. O senador está conversando com apoiadores para analisar a situação de sua campanha. Neste meio tempo, está focado na resposta do governo para a epidemia do novo coronavírus e garantindo que estamos cuidando das pessoas mais vulneráveis”, escreveu Shakir. A decisão de interromper a campanha presidencial, a segunda de Sanders, ainda não é considerada iminente, disse o assessor ao jornal americano

Segundo a imprensa internacional, o socialista comunicou sua decisão em conferência telefônica com sua equipe de campanha. Ele fará em breve um pronunciamento para seus apoiadores.

O anunciou oficial da desistência de Sanders será realizado em uma transmissão ao vivo pelo site do senador na tarde desta quarta. Essa foi a segunda vez que o senador por Vermont concorria à Presidência americana.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram