O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta terça-feira (4) que a grande explosão que matou dezenas de pessoas feriu outras milhares na capital do Líbano, Beirute, parece um ataque. Ele também ofereceu ajuda.

“Os Estados Unidos estão prontos para apoiar o Líbano”, disse Trump, falando aos jornalistas na Casa Branca. “Estaremos lá para ajudar, isso parece um ataque terrível.”

Perguntado sobre o que achava da explosão, o chefe da Casa Branca disse ter conversado com militares americanos que avaliam como sendo resultado de um ataque a “bomba de algum tipo”.

A suspeita é que a explosão tenha partido de um armazém que guardava grandes quantidades de nitrato de amônio. O grupo xiita Hezbollah e o governo de Israel negaram relação com o episódio.