Foto: Divulgação

Ouça essa matéria na integra

O líder da oposição venezuelana Juan Guaidó se juntou a milhares de apoiadores em um comício em Madri neste sábado (25). Ele participou de um comício e se encontrou com ministros, mas não foi recebido pelo premiê, o socialista Pedro Sánchez —a recusa desencadeou uma crise no país.

Em comício na Porta do Sol, coração da capital espanhola, o venezuelano pediu, diante de milhares de pessoas, para “nos mantermos de pé” contra a “ditadura” venezuelana. “Viva a Venezuela livre”, gritou Guaidó ao público, que segurava bandeiras do país. 

“O mundo vai nos ajudar, não estamos sozinhos, mas temos nossa parte a fazer, temos que permanecer mobilizados. Temos que levar a mensagem da Venezuela e continuar em frente contra o autoritarismo”, disse Guaidó a uma multidão que agitava bandeiras da Venezuela e cantava “Sim, se pode”.

Assista: