CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Maia maconha

O senador do Podemos, Eduardo Girão, criticou, em entrevista ao O Antagonista, as movimentações no Congresso para que, em meio à pandemia da Covid-19, seja pautado na Câmara, na próxima semana, um projeto de lei do deputado federal Fábio Mitidieri (PSD-SE), para viabilizar a comercialização de medicamentos que contenham extratos, substratos ou partes de maconha.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Girão disse, na entrevista, que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, está embarcando no “lobby que quer transformar o Brasil em exportador de maconha”:

“Eles querem, de forma sorrateira, aprovar o cultivo, o plantio, a importação e a exportação de maconha, sob o argumento que vai ajudar crianças que sofrem de epilepsia. A Anvisa já regulamentou a questão de medicamentos à base de canabidiol, inclusive com a dosagem mínima de tetra-hidrocanabinol (THC). Por que eles estão querendo isso?”.

“Rodrigo Maia não pauta o fim do foro privilegiado, não pauta a prisão na segunda instância, mas quer pautar a liberação da maconha. O lobby está atuando forte no Congresso e a gente sabe o que está por trás disso tudo”, finalizou o senador ao afirmar que “o lobby da maconha é poderosíssimo”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE