domingo, 11 de abril de 2021

“É preciso unir os esforços de enfrentamento da pandemia com a preservação da atividade econômica”, defende novo ministro da Saúde

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

Em seu primeiro pronunciamento oficial, o novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, pediu nesta terça-feira uma “união da nação” contra a Covid-19 e disse que quer trabalhar “em parceria” com secretários estaduais e municipais.

O ministro ressaltou também que sozinho não vai “fazer nenhuma mágica” e defendeu medidas como uso de máscara e higiene das mãos para “preservação da economia”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

Queiroga enfatizou os esforços para a vacinação e defendeu novas medidas baseadas em “evidências científicas”.

“Fui convocado pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir o Ministério da Saúde do Brasil. Sei a responsabilidade que tenho. Sei que sozinho não vou fazer nenhuma mágica e não vou resolver os problemas da saúde pública que temos. Mas tenho certeza que teremos ajuda dos brasileiros”, disse o novo ministro da Saúde.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

“Agora temos que unir esforços com os secretários municipais de Saúde, o Brasil tem mais de 5.570 municípios, os secretários estaduais, os órgãos representativos como Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde) e Conasems (Conselho Nacional de Secretrias Municipais de Saúde)”, continuou.

“Quero conclamar a população que use máscara, que lave as mãos, medidas simples e importantes”, afirmou. “Com estas medidas a gente pode evitar ter que parar a economia do país. É preciso unir os esforços de enfrentamento da pandemia com a preservação da atividade econômica, para garantir emprego, renda e recursos”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 4

”Temos um SUS que atende 220 milhões de brasileiros e é um grande ativo, uma grande arma que temos para enfrentar a pandemia”, argumentou. “Temos que unir esforços com os secretários municipais e estaduais de Saúde. O Ministério está empenhado em trabalhar de forma harmônica para melhorar a assistência”. “Vivemos uma nova onda da pandemia, com muitos óbitos, em que é preciso melhorar a assistência, sobretudo nas UTIs. Conversei com equipe do Ministério para reforçar medidas e trazer novas contribuições, sempre baseado no melhor da evidência científica”, frisou.

Queiroga fez o pronunciamento em frente à sede do Ministério, após visitar as instalações junto a Pazuello e conhecer a atual equipe da pasta

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Últimos artigos