PGR
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Ouça essa matéria na integra

A Procuradoria-Geral da República (PGR) voltou a se manifestar favorável, nas alegações finais entregues ao STJ, a federalização das investigações sobre os assassinatos de Marielle Franco e Anderson Gomes.

Segundo a subprocuradora-geral da República, Lindôra Maria Araújo: a “situação atual de impunidade em relação aos mandantes dos crimes tem se tornado perene” em função da “inércia dos órgãos estaduais na conclusão das investigações”.

“Passados quase nove meses do oferecimento de denúncia contra duas pessoas apontadas pelo MP-RJ como executores do duplo homicídio, até o momento não se tem notícia da identificação dos mandantes e de sua responsabilização criminal”, diz o texto da PGR.