Foto: Twitter

A participação da youtuber e assessora do vereador do MBL, Fernando Holiday, Cris Bernard, no Palácio do Alvorada na manhã desta quarta-feira (10), faz parte de ações do Movimento Brasil Livre (MBL) para “derrubar” o presidente Jair Bolsonaro.

A informação que o movimento faria ações contra o chefe do Executivo foi vazada nas redes sociais neste último fim de semana. Em vídeos que circulavam, um dos fundadores e coordenadores do MBL, Renan Santos, confirmava que eles iriam começar “ataques” contra Bolsonaro.

No Twitter, Renan confirmou que a presença de Bernard tem ligação direta com os atos que previstos.

O presidente Jair Bolsonaro se irritou na manhã desta quarta-feira (10) com uma militante do Movimento Brasil Livre (MBL). Identificada como Cris Bernard, ela cobrava o chefe do executivo o número de mortos no Brasil pela pandemia da covid-19. “Cobre do seu governador. Sai daqui”, respondeu Bolsonaro.