Foto: divulgação

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse na manhã desta sexta-feira (03), que manter Luiz Henrique no Ministério da Saúde é fundamental neste momento e atacou o presidente Jair Bolsonaro.

“Ele [Bolsonaro] não tem coragem de tirar o ministro e mudar oficialmente a política [de enfrentamento ao novo coronavírus]. Ele fica numa posição dúbia”, afirmou Maia, durante videoconferência promovida pelo Valor Econômico e o Itaú.

“Esse conflito que ele constrói agora com o ministro, do ponto de vista concreto, não faz sentido, porque ele delegou ao ministro a área técnica”.

O deputado ainda disse que Bolsonaro estaria ouvindo “quem quer o cargo do Mandetta de forma oportunista”.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram