Foto: SVM

O governador petista do Ceará, Camilo Santana, informou na noite do último sábado (27), que o estado recebeu uma remessa 300 de respiradores comprados na China. Porém, esses equipamentos não teriam passado pela avaliação da Anvisa e podem apresentar problemas de calibragem e de operação, colocando a vida dos pacientes da covid-19 em risco, informa a Metrópoles.

Segundo a empresa de São Paulo, Exxomed Equipamentos, única que possui licença e registro para comercializar os equipamentos Shangrila 510s e VG70 no país, os respiradores foram adquiridos de forma irregular.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram