Ouça essa matéria na integra

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) publicou um comentário no Twitter  nesta segunda-feira (9) que gerou críticas de autoridades, que o acusaram de defender regimes não democráticos. O filho do presidente Jair Bolsonaro disse que “a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade almejada por vias democráticas”.

Nesta terça (10), no entanto, Carlos explicou que foi “uma justificativa aos que cobram mudanças urgentes”, já que elas precisam de mais tempo para acontecer. De acordo com ele, sua publicação foi distorcida.

“O que falei: por vias democráticas as coisas não mudam rapidamente. É um fato. Uma justificativa aos que cobram mudanças urgentes. O que jornalistas espalham: Carlos Bolsonaro defende ditadura. CANALHAS!”, escreveu o vereador.