Foto: Reprodução

Ouça essa matéria na integra

O pedetista Ciro Gomes atacou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, ao tentar acusa-lo de ser “cúmplice” na morte do Capitão Adriano.

“Se Sergio Moro não esclarecer cabalmente este estranhíssimo encadeamento de fatos que inequivocamente estabelece vínculos entre Bolsonaro, filhos e mulher, Queiroz, as milícias do Rio de Janeiro e o assassinato de Marielle e Anderson, terá se transformado em cúmplice!”, escreveu o ex-presidenciável pelo Twitter.