Foto: reprodução/UOL

Por conta do coronvírus (Covid-19), o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) adiou o julgamento de um recurso do petista Lula contra a condenação no sítio de Atibaia. A sessão estava prevista para ocorrer no dia 25.

João Pedro Gebran Neto, relator da Lava Jato no TRF-4, afirma que levando em consideração as resoluções de quinta-feira (19), que envolve medidas temporárias e emergenciais de prevenção ao contágio e à transmissão do novo coronavírus, a data da sessão ficou prejudicada.

O presente feito terá a submissão dos embargos de declaração opostos pelas defesas em data futura, ainda não definida”, escreveu Gebran em nota.

Em nota, o advogado do petista, Cristiano Zanin Martins, informou que o adiamento “atende a uma necessidade de saúde pública e também permitirá que a defesa do ex-presidente Lula possa avançar nas diligências complementares que está realizando, na modalidade de investigação defensiva, para reforçar a nulidade do processo e a inocência de Lula.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram