O apresentador José Luiz Datena anunciou na tarde desta terça-feira (11), a sua decisão de não ser candidato nas eleições de 2020. Logo no início do programa da Band “Brasil Urgente”, o jornalista disse que quase escolheu a política, mas decidiu permanecer na emissora.

Segundo ele, a ideia para 2020 era concorrer a prefeito pelo MDB ou ser vice do tucano Bruno Covas (PSDB) em São Paulo (SP).

De acordo com a lei nacional, programas apresentados ou comentados por candidatos não podem ir ao ar a partir de hoje e Datena não comandou o Manhã Bandeirantes, da rádio Bandeirantes.

“[Eu não fiz a rádio] porque estava decidindo o que iria fazer da vida. Eu resolvi fazer o que a Band me pediu para fazer com maior prazer e carinho depois de quase 30 anos de casa, depois dessa última passagem de 20 anos, desde a equipe do Luciano do Valle. E eu tinha que escolher entre os políticos e o Jhonny Saad e a família Saad e a casa e eu escolhi a casa. Eu preferi a história da Bandeirantes”, afirmou.

“Mas eu fiquei muito chateado, pois gostaria de entrar na política, na próxima eu vou mesmo e vou sair da Bandeirantes e vou para a política, mas ai vou ter que deixar a televisão”, finalizou o apresentador.