Ouça essa matéria na integra

Além de Lula, a defesa do petista José Dirceu também entrou com um pedido de soltura do ex-ministro, após decisão do STF de acabar com a prisão após 2ª instãncia.

“Embora a decisão que fundamenta o presente pedido não tenha sido publicada [pelo STF], o julgamento foi realizado em sessão pública e transmitido pela TV Justiça e pela imprensa com repercussão nacional, sendo, portanto, fato jurídico notório”, alegam os advogados do petista.

Dirceu, que foi condenado a 31 anos, está preso no Complexo Médico-Penal de Pinhais, em Curitiba.