O coordenador da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol, criticou pelo Twitter, na manhã desta segunda-feira (10), a Lei de Abuso de Autoridade. 

Para ele, o pior da Lei de Abuso de Autoridade não é o processo contra as autoridades, mas a silenciosa autocontenção do trabalho legítimo contra deliquentes com poder.

Deltan costuma dizer que Direito não é matemática e defende que do modo como a lei foi aprovada, juízes que prenderem poderosos agirão debaixo da preocupação de serem punidos quando um tribunal deles discordar.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram