O deputado federal José Medeiros (Podemos-RN), protocolou no Conselho de Ética da Câmara representação na tarde desta sexta-feira (14) por quebra de decoro parlamentar contra Glauber Braga (PSOL-RJ).

Na última quarta (12), durante audiência pública do ministro da Justiça, Sergio Moro na Câmara, Braga chamou o ministro da Justiça de “capanga de milícia e capanga da família Bolsonaro”.

“O deputado Glauber, demonstrando total destempero e falta de decoro, praticou ofensas morais, deixou de cumprir com os deveres fundamentais de deputado e tumultuou a sessão da comissão, provocando o seu encerramento”, argumentou Medeiros.