O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, rejeitou nesta segunda-feira (28), um pedido da defesa de Wilson Witzel para derrubar a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que o afastou do governo do Rio de Janeiro (RJ).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O governador afastado é acusado de participar de um esquema de corrupção na área da Saúde em seu estado.

Na sua decisão, Fachin considerou inadequado o instrumento usado pelos advogados de Witzel para anular a decisão do STJ, um habeas corpus.