Alexandre Frota
Foto: reprodução

O deputado federal tucano, Alexandre Frota, “lamentou” a morte de Gustavo Bebianno e disse que o ex-ministro morreu “de desgosto” por ter sido “traído” por Jair Bolsonaro. 

“O Bebianno morreu de desgosto. Essa é a verdade. Ele não suportou a puxada de tapete, a traição produzida por Jair Bolsonaro. Com 56 anos morre com ele uma história, muitas verdades e com certeza vai ter festa no Palácio entre a corja”, afirmou em seu Twitter.

“Morre com ele muitas verdades. Ele sabia de muita coisa que agora vai embora com ele”.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram