Foto: Sérgio Lima/Poder360

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno e o vice-presidente Hamilton Mourão reiteraram nesta segunda-feira (13), a nota do Ministério da Defesa contra Gilmar Mendes.  O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) atacou o Exército Brasileiro afirmando durante live da revista IstoÉ, que a entidade “está se associando a um genocídio”.

“O Ministério da Defesa já publicou uma nota a respeito, sem citar nomes. A nota é muito esclarecedora”, afirmou Heleno. “A nota é o bastante”, emendou.

“O Ministério da Defesa já se pronunciou”, limitou-se a responder Mourão à CNN.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram