Foto: Agência Câmara

Ouça essa matéria na integra

Joice Hasselmann foi procurada por dois ministros que dão expediente no Palácio do Planalto ver a disposição da ex-líder do governo na Câmara em “reatar” com Jair Bolsonaro, informa Crusoé.

A deputada se distanciou do presidente após ser destituída da liderança do governo no Congresso no dia 17 de outubro.

Aos ministros, Joice respondeu que só volta a conversar com Bolsonaro se ele pedir desculpas públicas pelos ataques que a deputada vem sofrendo.

Enquanto isso, ela pretende manter o presidente bloqueado no WhatsApp.