Foto: Rovena Rosa | Agência Brasil

O juiz da 1ª Vara Federal de Curitiba, Friedmann Anderson Wendpap, decretou o bloqueio de mais de R$ 18 milhões do PT (Partido dos Trabalhadores).

De acordo com o Ministério Público Federal do Paraná (MPF-PR), outros 18 réus tiveram bens bloqueados no valor de mais de R$ 400 milhões.

A decisão vem à tona após uma ação civil pública proposta em dezembro de 2019 pela Lava Jato.

A ação é referente a um imóvel, denominado Torre Pituba/Prédio Itaigaral, que segundo investigação é de propriedade da Fundação Petrobras de Seguridade Social (Petros).

A decisão foi dada em caráter preliminar no dia 24 de março, mas seu sigilo só foi levantado nesta quinta-feira (2). ​

Siga a Gazeta Brasil no Instagram