Foto: Reuters

Ouça essa matéria na integra

No discurso para a militância petista ao deixar a cadeia no final da tarde desta sexta-feira (8), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aproveitou para provocar o presidente Jair Bolsonaro (PSL).

“Eu posso apresentar os meus companheiros da segurança, o Moraes, que é o chefe, está aqui… Só para lembrar que não é apenas o Bolsonaro que é capitão. O Moraes também é capitão”, disse Lula, sob aplausos da claque.

“Eu tenho o meu capitão. Ele não se aposentou como tenente e virou capitão, não… Este aqui se aposentou como capitão de verdade”, prosseguiu o petista.

Dirigindo-se a Moraes, Lula completou: “Então, se um dia o Bolsonaro se encontrar com você, é ele quem tem de bater continência para você.”