Foto: reprodução

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), disse que o Chefe do Executivo, Jair Bolsonaro, só não decreta o fim do isolamento social porque sabe que responderia legalmente por isso.

“Ele [Bolsonaro] acaba, sem dúvida nenhuma, atrapalhando. Claro que ele não escreve, porque a assessoria dele não deixa, porque uma decisão de assinar um documento desses…”, disse Maia em entrevista ao Canal Livre.

E continuou:

“Se o Brasil tiver problemas parecidos, e parece que teremos, com o de outros países, se ele assinar alguma orientação formal que vá contra a orientação de seu próprio ministro e da OMS, certamente ele responderá pessoalmente a essa decisão de liberar o isolamento sem ter um embasamento legal para isso”

Siga a Gazeta Brasil no Instagram