Foto: Gazeta do Povo

Ouça essa matéria na integra

A ex-deputada Manuela D’Ávila (PCdoB-RS) deve prestar depoimento sobre a Operação Spoofing, ao retornar ao Brasil, em até 15 dias, afirmou a sua defesa nesta fim de semana (28). Recentemente, Manuela confirmou ter repassado o contato de Glenn Greenwald a um dos hackers de Araraquara. 

Segundo o advogado de D’Ávila, Alberto Toron, ela saiu do País [Brasil] no dia 23 de junho para fazer um curso na Universidade de Edimburgo, no Reino Unido. Toron afirmou, também, que colocará Manuela à disposição das autoridades para “prestar todos os esclarecimentos que dela forem solicitados”.

“Assim que ela chegar no Brasil, ela prestará depoimento na data em que a autoridade determinar”, afirmou o advogado.