sergio-moro
Foto: divulgação

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, criticou na tarde desta terça-feira (02), aqueles que questionam o poder do Supremo Tribunal Federal (STF).

No Twitter, Moro usou os EUA como exemplo para dizer que “ninguém sério questiona” o poder da Suprema Corte do país.

Nos EUA, país que serve de modelo a muitos, casos como Marbury v. Madison, 1803; Brown v. Board of Education, 1954; e US v. Nixon, 1974, estabeleceram o princípio da supremacia da Constituição e a Suprema Corte como intérprete. Ninguém sério questiona o poder dela de dar a palavra final”, escreveu o ex-juíz.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram