Foto: reprodução

Ouça essa matéria na integra

Sormany, que era o operador de Paulo Afonso Mendes Pinto, foi delatado aos investigadores da Polícia Federal (PF) no esquema da Torre Pituba por ter viajado com dinheiro de propina em voos comerciais.

Segundo o colaborador Mario Seabra Suarez, Sormany colou dois envelopes com R$ 200 mil nas costas e os escondeu dentro da camisa. Com o dinheiro, o operador pegou um voo de Belo Horizonte a São Paulo.