Os parlamentares da Câmara dos Deputados e do Senado Federal podem aprovar a Medida Provisória (MP) do desmatamento da floresta amazônica, informa a BBC.

Segundo o jornal, “o texto, que está pronto para ser votado no plenário da Câmara, aumenta para até 50% a área que pode ser desmatada em fazendas de Roraima e do Amapá”.

“O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, do DEM do Amapá, é um dos principais defensores da medida”.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram