Considerado uma legenda de extrema-esquerda,  o Partido da Causa Operária (PCO) se posicionou nas redes sociais sobre o episódio envolvendo o senador licenciado Cid Gomes, baliado ao avançar com uma retroescavadeira contra o portão de um quartel tomado por policiais amotinados. Para PCO,  Cid e Ciro Gomes usam métodos fascistas contra greve de PMs no Ceará.

“Setores da esquerda comemoraram a tentativa de desocupação do quartel com uma retroescavadeira por cima do piquete dos policiais militares, mas deixam de lado que qualquer categoria deve ter o direito de greve e que passar por cima de um piquete de grevistas é um método da extrema direita fascista”, diz trecho da nota do partido.

 

Siga a Gazeta Brasil no Instagram