Foto: Marcos Corrêa/PR

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello disse nesta terça-feira (23), em comissão no Congresso, que o “atendimento imediato é que vai salvar a vida dos brasileiros”.

“A estratégia não é ficar em casa, aguardar piorar e depois procurar o médico. A estratégia é procurar o médico imediatamente”, afirmou Pazuello ao referir a pacientes com os primeiros sintomas da covid-19.

O ministro interino disse que, pela “observação do mundo”, se percebe que “iniciar o protocolo” o quanto antes pode ser determinante no combate ao novo coronavírus.

“Se houver agravamento do caso, ele não vai para a UTI direto, vai para uma unidade de suporte ventilatório”, afirmou.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram