O governado de São Paulo João Doria abriu a reunião de governadores com o presidente da Câmara dos  Deputados, Rodrigo Maia dizendo que o objetivo da reunião não era construir “uma trincheira” contra Jair Bolsonaro ou o governo federal.

“Temos que salvar vidas. E, pelo o que eu vi hoje de manhã e ouvi ontem à noite, cabe a nós, governadores do Brasil, ao Congresso Nacional, com a liderança do deputado Rodrigo Maia e do senador Davi Alcolumbre, salvar o Brasil.”

E mais:

“Eu considerei desrespeitoso ele ter proposto uma reunião de conciliação, consenso e harmonia com os governadores do Brasil e ter tido uma manifestação completamente extemporânea, equivocada, maldosa em relação ao brasileiros, como ele falou em rede nacional de televisão.”

Siga a Gazeta Brasil no Instagram