O presidente da Comissão da Anistia, João Henrique Nascimento, tentará acelerar a análise dos 6.479 pedidos de benefício pendentes de julgamento pelo colegiado, informa a Crusoé.

A estratégia será votar em blocos requerimentos com objetos parecidos.

Porém, o processo envolvendo a petista Dilma segue sem previsão de ser votado e está parado desde 26 de junho de 2019. 

Siga a Gazeta Brasil no Instagram