Ouça essa matéria na integra

O PT emitiu uma nota nesta sexta-feira (17) para falar sobre a demissão do Secretário Especial da Cultura, Roberto Alvim após emular um discurso  de Gobbels, que fazia parte do governo nazista da Alemanha.

A nota é assinada pela presidente do partido, a deputada federal Gleisi Hoffmann (PR) e pelo secretário nacional de Cultura do partido, Márcio Tavares, a legenda diz que o vídeo no qual Alvim parafraseia Joseph Goebbels é “estarrecedor”.