A ativista Sara Winter ficou noiva neste domingo (28) e, como suporte do seu sofá, usou livros de autoria de Alexandre de Moraes. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) mandou prender a bolsonarista no dia 15 de junho, onde ficou até dia 25.

Em fotos publicadas nas redes sociais em que aparece ao lado do noivo, Giovane Rodrigues, Winter mostrar uma pilha de livros sustentando o sofá da sala. Entre as publicações, aparecem pelo menos dois exemplares do livro “Direito Constitucional”, de 2002, escrito por Alexandre de Moraes.

A ativista foi presa no âmbito do inquérito que investiga as manifestações  pró-Bolsonaro, que para a PGR de Aras e o STF são consideradas “antidemocráticas”.

Confira as fotos: