fbpx
terça-feira, 1 de dezembro de 2020

Senador de esquerda apresenta voto contra Kássio Nunes no STF

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Senador Kássio Nunes STF

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) apresentou nesta segunda-feira (19), à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), um voto em separado pela rejeição à indicação de Kássio Nunes Marques, juiz do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), para assumir o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo o senador, o indicado não preenche os requisitos de “notável saber jurídico e reputação ilibada”, necessários para exercer o cargo de ministro do STF, conforme a Constituição Federal. A sabatina de Kássio Marques será na quarta-feira (21), em reunião marcada para às 8h na CCJ.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ao apresentar o voto em separado pela rejeição do desembargador, Alessandro Vieira ressaltou que o indicado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, tem sido amplamente questionado acerca da veracidade de seu currículo, especialmente quanto à regular obtenção dos títulos e à legítima produção de seus trabalhos acadêmicos.

— Os problemas que Kássio Marques apresenta em seu currículo acadêmico, especialmente acusações de plágio muito fortes, e o seu relacionamento reiterado com figuras que são investigadas pela própria corte constitucional, exigem essa rejeição — afirmou.

Representações

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O parlamentar disse ainda que, no exercício da magistratura, Marques tem contra si mais de 25 representações no âmbito do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) por descumprir prazos, além de um pedido de providências e uma reclamação disciplinar.

“É absolutamente inadequado que um postulante ao mais alto cargo do Judiciário tenha sido frequentemente representado no órgão de correição pela morosidade na tomada de decisões. Além disso, se no segundo grau já não foi sancionado por essas condutas —repetidas e frequentes —, somos levados a crer que no Supremo estará amplamente blindado contra tais espécies de reclamação”, declarou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fonte: Agência Senado

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Últimos artigos

Japão teve mais mortes por suicídio em outubro do que por Covid em todo o ano

Há mais pessoas morrendo por causa de suicídio este ano do que de Covid-19 no Japão.País asiático tem feio trabalho relativamente bom de contenção...

OAB quer esclarecimentos sobre novo trabalho de Moro

O Conselho Federal da OAB decidiu notificar Sergio Moro, solicitando esclarecimentos sobre o seu novo trabalho, na empresa Alvarez & Marsal. No documento, que deve...

Disney e o Politicamente Incorreto

O tempo passa, as pessoas mudam e a cultura também. E todo mundo tem essa noção, todo mundo sabe que os conceitos mudam conforme...

Adoção de cartinhas para o Papai Noel dos Correios será pela internet

Com pedidos que vão de bicicletas, carrinhos e bonecas a material escolar e cestas básicas, as cartinhas das crianças para a campanha Papai Noel dos...

Documentos mostram que China ocultou casos de Covid, diz CNN

A China ocultou informações sobre o avanço do coronavírus e acumulou erros de gestão, segundo documentos confidenciais do Centro Provincial de Controle e Prevenção...