Foto: STF/Secretaria de Comunicação

Ouça essa matéria na integra

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, suspendeu o julgamento da prisão em 2° instância. A sessão será retomada na próxima quarta (23). Nove dos dez  advogados fizeram sustentações contrárias à prisão. 

Na próxima semana, falarão mais dois advogados, a Advocacia-Geral da União (AGU) e a Procuradoria Geral da República (PGR), na parte da manhã. Só depois, à tarde, começam a votar os ministros.