Foto: reprodução

Ouça essa matéria na integra

Dias Toffoli afirmou, na noite desta terça-feira (12), durante evento, que “no Brasil nós temos um Judiciário sério, que não se dobra aos poderosos e não se dobra à imprensa”.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) fez um discurso de abertura do 14º Congresso Nacional das Defensoras e Defensores Públicos, realizado em um teatro no centro do Rio de Janeiro.

Em outro momento do discurso, Toffoli se emocionou ao relembrar um episódio do período em que atuou como defensor público em São Paulo. Ele afirmou que aos 24 anos, ainda recém-formado, recebeu moradores de uma favela que tinham sido alvos de uma ordem de despejo: “Marquei uma reunião com eles, analisei os documentos (…) e eles estão lá até hoje”, afirmou, concluiu com voz “embaraçada”.

O presidente do Supremo encerrou o discurso dizendo que a Defensoria Pública tem “um parceiro” no STF.