Foto: Divulgação

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber e Luiz Fux, seguiram os passos de Fachin, Moraes e Barroso e votaram, na tarde desta quarta-feira (17), pela validade e continuidade do inquérito ilegal das Fake News.

Já são 5 votos pela continuidade do inquérito. Quem vota agora é Cármen Lúcia, se o seu voto for a favor do inquérito, ele será considerado “constitucional” pelo STF. 

“Está se verificando, o relato de Alexandre de Moraes é minudente. O inquérito há de observar o texto constitucional e a legislação vigente”, afirmou Weber.