Foto: Reprodução

O pedetista Ciro Gomes criticou na noite desta segunda-feira (10), o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, por ligar para autoridades paraguaias para saber sobre a situação do ex-jogador Ronaldinho Gaúcho, preso preventivamente no Paraguai.

“Capanga de miliciano e babá de pilantra… triste fim de um juiz traidor da toga…”, escreveu Ciro em seu Twitter ao comentar sobre o fato.

Siga a Gazeta Brasil no Instagram