CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ex-apresentador do ‘Tá Na Área’, do SporTV, Fred Ring falou sobre a sua saída e alegou ter sofrido uma “perseguição” e uma “orientação ideológica”. “Havia uma perseguição pessoal de uma comentarista mulher, loira, que lacra pra caramba”. A declaração ocorreu durante o programa Pânico, na Rádio Jovem Pan nesta terça-feira (18).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veja a declaração de Fred Ring no Pânico:

“Havia uma perseguição pessoal. Posso sentir isso de lá de dentro. Posso dizer que, muitas vezes, o canal me bancou e me defendeu. Mas havia uma perseguição de uma comentarista mulher, loira, que lacra pra caramba. Não vou falar o nome, mas ela aparece na Rede Globo, faz jogos e está colecionando inimigos, essa é a minha sensação, e eu fui um deles. Então, resolvi ir embora”.

Internautas apontaram que o alvo seria a comentarista Ana Thais Matos, única mulher e loira que comenta jogos na TV aberta da “Globo”.

 

Orientação ideológica 

“Em um programa em que mostramos um VT do João Doria falando sobre automobilismo e sobre escolha do autódromo, me foi orientado no ponto para criticar o governador, porque ele foi ‘muito isso’ ou ‘muito aquilo’, e no momento eu não achava que nem deveria vir uma ordem desse tipo nem que era minha responsabilidade encaminhar as palavras do ponto como minhas”

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE