Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

PF abre inquérito para investigar Pablo Marçal, Eduardo Bolsonaro, Cleitinho, jornalistas e perfis nas redes sociais por supostas "fake news" sobre o Rio Grande do Sul
Foto: Reprodução/ RBS TV

Últimas Notícias

Governo Lula planeja estabelecer autoridade federal no Rio Grande do Sul

O ministro da Casa Civil, Rui Costa, confirmou que o governo planeja estabelecer uma autoridade federal no Rio Grande do Sul durante o período de calamidade que afeta o estado desde 29 de abril.

“O presidente anunciou sua intenção de designar alguém para representar, pelo menos nos primeiros meses, o governo federal”, declarou em entrevista ao Estúdio i, da GloboNews, nesta terça-feira (14).

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A proposta de criar uma autoridade federal no Rio Grande do Sul foi mencionada durante a reunião ministerial do presidente Lula (PT) na segunda-feira (13).

O objetivo é designar um coordenador do governo federal para auxiliar nos esforços de reconstrução do estado, atuando como representante do presidente nesse processo. Contudo, não foram fornecidos mais detalhes sobre o funcionamento dessa autoridade.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

De acordo com o ministro, o nome da pessoa selecionada para o cargo será anunciado nesta quarta-feira (15) pelo presidente Lula (PT).

Wolnei Wolf, secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, é um dos candidatos considerados para assumir o papel de representante do governo federal no estado. Outro nome em destaque é o do diretor-presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Edegar Pretto. Essas informações foram apuradas pelo colunista Valdo Cruz.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Em entrevista ao Em Ponto, da GloboNews, Wolff mencionou que a autoridade poderia seguir o modelo da Autoridade Pública Olímpica estabelecida em 2016 durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A estrutura exata ainda está sendo delineada pela Advocacia-Geral da União (AGU), podendo ser um modelo de autoridade federal ou até mesmo uma secretaria extraordinária.

A Autoridade Pública Olímpica criada em 2016 era uma autarquia federal temporária vinculada ao Ministério do Esporte e possuía autonomia, incluindo financeira.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Dentre as funções da autoridade olímpica estavam administrar as instalações esportivas para garantir sua adequada utilização, conduzir estudos para uma gestão mais eficiente do evento do ponto de vista econômico, social e ambiental, e estabelecer parcerias com o setor privado para infraestrutura e exploração das instalações esportivas.

Medidas do governo federal para o RS
O governo federal anunciou diversas medidas para auxiliar no enfrentamento da calamidade no Rio Grande do Sul, além de apoio econômico ao estado e às famílias afetadas.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Entre as medidas está a suspensão da revisão cadastral das famílias beneficiárias do Bolsa Família no estado e a possibilidade de suspender o pagamento de financiamentos imobiliários que utilizam recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) por até seis meses.

Além disso, o governo federal planeja suspender por três anos o pagamento da dívida do Rio Grande do Sul com a União, que totaliza R$ 11 bilhões. Para que essa suspensão entre em vigor, é necessário que o projeto de lei correspondente seja aprovado.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Nesta terça-feira, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), anunciou que o projeto de lei será submetido a votação em regime de urgência no plenário da Casa.

O governo também está elaborando outras medidas direcionadas à população afetada pela calamidade. Há a possibilidade de distribuir vouchers para uso direto por aqueles que sofreram perdas materiais na tragédia, além de um auxílio emergencial específico para os residentes do Rio Grande do Sul.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Até o momento, as inundações históricas no estado resultaram em mais de 140 mortes e deixaram centenas de milhares de desabrigados. Quase 78 mil pessoas estão alojadas em abrigos improvisados.

Escolas, creches e hospitais
Além das medidas já anunciadas e das que estão sendo preparadas para serem anunciadas, o governo federal está trabalhando para restabelecer os serviços no Rio Grande do Sul.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Rui Costa afirmou que os secretários de educação, saúde e habitação dos municípios afetados podem registrar projetos nos sistemas do governo federal para a recuperação de estruturas de escolas, creches e unidades de saúde, incluindo hospitais e postos de saúde.

“Se uma escola, creche, posto de saúde, laboratório ou hospital foi destruído, ou se essas instalações estão de pé mas perderam equipamentos e mobiliário, os sistemas já estão disponíveis para receber solicitações de auxílio. No caso da saúde, quase 200 propostas já foram apresentadas, enquanto na educação ainda estamos nos estágios iniciais, mas já estamos aceitando propostas”, explicou.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A expectativa é que as demandas dos secretários e prefeitos comecem a ser atendidas na próxima semana. O ministro afirmou que serão estabelecidos contratos específicos para cada caso. “Todas as escolas e creches destruídas serão reconstruídas, assim como as unidades de saúde, hospitais e os medicamentos serão repostos.”

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

elon musk

Negócios

O CEO da Tesla e SpaceX, Elon Musk, alega ter sido “enganado” para consentir que seu filho tomasse bloqueadores pubertários. Ele acrescentou acreditar que...

Fim da isenção de compras internacionais abaixo de US$ 50 pela Câmara pode criar imposto de 92% Fim da isenção de compras internacionais abaixo de US$ 50 pela Câmara pode criar imposto de 92%

Economia

Com a recente sanção do presidente Lula, a nova taxa de 20% sobre compras internacionais de até US$ 50 começará a valer a partir...

lula e indígenas lula e indígenas

Brasil

O número de assassinatos de indígenas no Brasil aumentou significativamente no primeiro ano do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). De acordo...

recuperação judicial dinheiro economia recuperação judicial dinheiro economia

Governo

A equipe econômica anunciou, nesta segunda-feira (22), o congelamento de R$ 15 bilhões no Orçamento de 2024. A decisão foi formalizada no Relatório de...

Saúde

Entre as 39,9 milhões de pessoas vivendo com HIV/Aids no mundo, cerca de 9,3 milhões não têm acesso ao tratamento adequado. Essa lacuna no...

granada granada

São Paulo

Na tarde desta segunda-feira (22), uma granada foi encontrada em um abrigo localizado no bairro do Bom Retiro, no centro de São Paulo (SP)....

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Brasil

Nesta segunda-feira (22), um homem viralizou nas redes sociais ao tentar flagrar sua namorada traindo-o em um motel localizado em Madureira, Rio de Janeiro....

Brasil

Anderson Bonetti, sócio do humorista e influenciador Nego Di, foi preso nesta segunda-feira (22) sob acusação de ser o mentor de um esquema fraudulento...

bebê bebê

São Paulo

Um bebê foi encontrado abandonado dentro do banheiro feminino da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Baeta Neves, em São Bernardo do Campo,...

Brasil

Na tarde desta segunda-feira (22), a influenciadora digital Carla Gabola, conhecida por seu trabalho no universo dos concursos, morreu após complicações decorrentes de uma...

ex-Panicat Ana Paula Leme ex-Panicat Ana Paula Leme

Destaques

Um vídeo que está circulando nas redes sociais mostra o momento em que a ex-Panicat Ana Paula Leme agride um policial militar durante uma...

Últimas Notícias

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloizio Mercadante, declarou nesta segunda-feira (22) que o Brasil “sente saudade” de Dilma...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit