Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

'Maníaco da Peruca'

Brasil

TJ-SP anula sentença do ‘Maníaco da Peruca’ e determina novo julgamento

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) invalidou o julgamento e, consequentemente, a sentença do dentista Flávio Nascimento Graça, conhecido como ‘Maníaco da Peruca’. Ele havia sido condenado a 60 anos de prisão em regime fechado por três homicídios consumados e duas tentativas. Um novo julgamento será realizado, conforme informado pela TV Tribuna nesta quinta-feira (25).

Flávio ganhou notoriedade como o ‘Maníaco da Peruca’ em 2014, quando, usando o adereço como disfarce, atacou os proprietários e uma funcionária de uma clínica odontológica concorrente. Atualmente, ele está detido na Penitenciária José A. C. Salgado, a P-II de Tremembé, no Vale do Paraíba, após quatro anos foragido antes de sua prisão em 2018.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Na decisão colegiada divulgada na última quarta-feira (24), os desembargadores do TJ-SP explicaram que o julgamento foi anulado devido à percepção de que o Tribunal do Júri não avaliou as provas apresentadas no caso de maneira apropriada. O relator do recurso do TJ-SP, o desembargador Diniz Fernando Ferreira da Cruz, apontou que os julgadores deveriam ter decidido se o réu era imputável ou inimputável pelos crimes, ou seja, se Flávio tinha consciência do que estava fazendo, devido a uma possível incapacidade mental.

A escolha dos membros do júri deveria ter sido uniforme, mas isso não ocorreu. Eles consideraram Flávio imputável (consciente dos atos) em três dos casos e inimputável em dois. Cruz destacou que isso representou um conflito e que o juiz ignorou a situação ao condenar o réu a 60 anos de prisão.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“Independentemente do réu ser ou não imputável, os jurados teriam que ter decidido de uma única forma em relação aos vários ofendidos [vítimas]. No entanto, isso não aconteceu”, afirmou o relator no acórdão.

Diniz exemplificou a “incoerência” na decisão do júri. No crime de 15 de julho de 2015, três foram as vítimas: Aldacy, Arnaldo e Alex. Eles estavam juntos quando foram baleados, e os dois primeiros morreram. Os jurados consideraram Flávio imputável apenas em relação aos homicídios.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“Mostrou-se contraditória a decisão do Conselho de Sentença (júri) ao entender que o réu era imputável em relação a três vítimas e inimputável em relação a duas delas”, justificou o relator.

Quanto às defesas, de acordo com a emissora, o advogado de defesa de Flávio, Eugênio Malavasi, considerou justa a vitória do recurso. “Vamos enfrentar mais uma vez o julgamento, oportunidade em que, mais uma vez, tentaremos buscar o que é justo, ou seja, a demonstração inequívoca e eficaz da inimputabilidade do meu constituinte (cliente)”.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Destaques

Em um encontro de 1h50 no Palácio do Planalto nesta quarta-feira (21), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o secretário de Estado...

Pacheco Pacheco

Capa

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), exigiu uma retratação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por suas declarações, que compararam os...

Netanyahu Netanyahu

Destaques

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, acusou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva de cruzar uma “linha vermelha” com suas declarações sobre a...

Lula Lula

Destaques

A Confederação Israelita do Brasil (Conib) emitiu uma uma nota repudiando os comentários recentes do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, equiparando as medidas...

Destaques

Após 17 anos, a Justiça de São Paulo condenou sete empresas e seis pessoas por improbidade administrativa pelo acidente na obra da Linha 4-Amarela...

Presos Comando Vermelho presídio Presos Comando Vermelho presídio

Destaques

Na tarde desta sexta-feira (16), o Ministério da Justiça e Segurança Pública prorrogou por 5 dias, até 21 de fevereiro, as restrições de presos...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Presos Comando Vermelho presídio

Brasil

Uma semana após a primeira fuga da história do sistema penitenciário federal, o Ministério da Justiça determinou uma série de medidas para reforçar a...

arsenal de guerra barueri arsenal de guerra barueri

São Paulo

O Exército concluiu na semana passada a investigação sobre o furto de 21 metralhadoras de um quartel em Barueri, na Grande São Paulo, ocorrido...

Fux advogado livre participação Bolsonaro ato Paulista Fux advogado livre participação Bolsonaro ato Paulista

Últimas Notícias

Um alojamento no Comando Militar do Planalto, dentro do Quartel General do Exército (QG), em Brasília, passou por reformas para receber eventuais prisões de...

Criminoso preso solto São Paulo Criminoso preso solto São Paulo

São Paulo

Um criminoso de 31 anos que havia acabado de ser liberado da prisão após passar por audiência de custódia foi preso novamente cerca de...

Brasil

O helicóptero que estava desaparecido desde segunda-feira (19) foi encontrado submerso na região do Lago de Tucuruí, em Goianésia do Pará, na manhã desta...

Brasil

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) reconheceu a situação de emergência de 23 municípios e o estado de calamidade declarado no...