Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Brasil

Aneel proíbe cobrança de juros e multas e corte de energia em áreas afetadas por chuvas no Rio Grande do Sul

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou nesta terça-feira (14) uma medida emergencial para auxiliar os moradores afetados pelas intensas chuvas que assolam o estado do Rio Grande do Sul. A decisão proíbe a cobrança de juros e multas, bem como o corte do fornecimento de energia elétrica para imóveis com contas atrasadas em regiões impactadas pelas precipitações.

De acordo com a resolução aprovada pela Aneel, os clientes localizados em municípios com decreto de calamidade pública terão um prazo estendido de até 90 dias para regularizarem suas dívidas. Durante esse período, as distribuidoras de energia também estão impedidas de cobrar juros e multas pelo atraso no pagamento.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Para os consumidores em áreas sem decreto de calamidade, o prazo para quitação dos débitos foi ampliado para 30 dias.

“Atualmente, quando ocorre atraso no pagamento da fatura, as distribuidoras têm o direito de suspender o fornecimento de energia, desde que comuniquem o consumidor por escrito com 15 dias de antecedência”, esclareceu a diretora Agnes Costa, relatora do processo, em entrevista à TV Globo.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A Aneel não descarta a possibilidade de renegociação das dívidas, porém, ressalta que isso depende de uma política pública definida pelo Ministério de Minas e Energia.

No caso de residências destruídas pelas chuvas, a agência autoriza as distribuidoras a suspenderem os contratos de fornecimento de energia elétrica, isentando-as da obrigação de religar ou manter o serviço.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“A situação de moradias e estabelecimentos destruídos recebe tratamento específico, com a suspensão dos contratos pelas distribuidoras, conforme estabelecido em regulamento”, afirmou Agnes Costa.

Além disso, a Aneel concedeu um prazo de seis meses para que os consumidores que perderam o benefício da tarifa social possam regularizar sua situação cadastral, garantindo que as distribuidoras não modifiquem seu status.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

No Rio Grande do Sul, onde operam 20 distribuidoras de energia, cerca de 4,5 milhões de unidades consumidoras foram afetadas pelas chuvas. Relatos das empresas indicam interrupções no serviço para mais de 420 mil consumidores, danos em subestações, quilômetros de redes de distribuição destruídos, entre outros prejuízos que afetam não apenas a distribuição de energia, mas também outros serviços públicos essenciais.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Política

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira o Projeto de Lei 1099/24, que institui o Cadastro Nacional de Pessoas Condenadas por Violência contra a...

câmara câmara

Política

Em uma sessão marcada por debates acalorados, a Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (12) o Projeto de Resolução 32/24, que cria novas regras...

Em derrota para Lula, Congresso mantém veto de Bolsonaro a lei que criminaliza “fake news” Em derrota para Lula, Congresso mantém veto de Bolsonaro a lei que criminaliza “fake news”

Política

Em uma sessão rápida e simbólica, sem a contabilização formal dos votos, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira o requerimento de...

RESUMO DO DIA

Dolar: 5,40 Euro: 5,84 ✅CCJ Da Câmara Aprova PEC Que Criminaliza Posse E Porte De Qualquer Quantidade De Droga CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO...

Mauro Cid Mauro Cid

Política

O ex-ajudante de ordens de Bolsonaro, tenente-coronel Mauro Cid, e seu pai, o general Lourena Cid, foram intimados a depor novamente na Polícia Federal...

Alexandre de Moraes Alexandre de Moraes

Justiça

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, ironizou um momento apontado como “socialista” da Corte durante o julgamento que discute uma...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

cachorro

São Paulo

Na tarde desta quarta-feira (12), após debates intensos em plenário, os deputados da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovaram o projeto de lei...

Últimas Notícias

O governo dos Estados Unidos divulgou informações que contradizem a versão apresentada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), sobre a...

stf stf

Brasil

Uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) garantiu que a União seja responsável pelo custeio de um medicamento avaliado em R$ 17 milhões para...

dólares doação dólares doação

São Paulo

Um morador de Santos, no litoral de São Paulo, fez uma doação inesperada ao enviar US$ 10 mil em espécie dentro de uma mala...

polícia civil polícia civil

Sem categoria

Uma oficina mecânica em Carapicuíba foi flagrada em um esquema de fraude que envolvia a substituição de peças originais de carros esportivos e de...

tornozeleiras eletrônicas tornozeleiras eletrônicas

São Paulo

Nesta quarta-feira (12), o governo de São Paulo lançou um edital para aquisição de mil tornozeleiras eletrônicas, marcando a expansão do programa de monitoramento...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit